Páginas

quinta-feira, 28 de abril de 2011


É engraçado como às vezes me dói no peito uma saudade tão imensa que quase me rasga o juízo e grita:
-Vai!





Ana Pryscila França
Ocorreu um erro neste gadget