Páginas

quinta-feira, 31 de março de 2011

Sobre o retrato...

Foi desde pequena se sentindo diferente dos outros que gostavam de brincar de gato mia e amarelinha na rua, queria estar em outro lugar sempre, por isso lia e voava com as linhas, sonhava em estar entre as ondas de uma cidade bem distante, voando em um avião rumo a qualquer lugar que não fosse aqui, foi olhando para o céu, empinando a pipa na praia, andando de bicicleta, pensando em como seria que decidiu o melhor sonho entre tantos bons, a menina de 7 anos queria ser dona de galeria, artista plástica, queria cantar jazz, blues em um barzinho no centro histórico, ter romances iguais aos dos livros, uma menina que pintava pássaros voando num céu distante e mãozinhas pequenas tentando alcançá-los, foi daquela época tão mágica onde uma menininha diferente instigava até os mais sábios com as palavras ditas naturalmente, para sair da boca de um adulto, mas de uma criança que desde cedo já perguntava sobre o motivo de algumas pessoas passarem por tanto sofrimento e as outras viverem tão felizes, questionava o porquê da violência e da hipocrisia dos adultos, foi nessa mesma época da Ariel, dos dinossauros e dos pássaros que ela decidiu que voar era o que tinha de mais incrível na vida, olha pro céu como fica longe! Deve ser tão legal poder voar bem pertinho dele... será que dá para sentir os anjos se chegarmos perto nas nuvens?

E não se contentava com os pássaros em gaiolas, com as crianças dormindo na rua, tanto foi o desgosto com o mundo dos adultos que resolveu deixar de tentar entender, cresceu e murchou dentro dela aquelas asas brilhantes e o sonho de estar perto dos anjos lá, bem alto, no céu. E a mesma dor que foi quando nasceram as asas, foi quando elas murcharam, já não tinham desenhos coloridos contrastando com o a monocromia dos azuis do céu... entrava o cinza, o preto, acabaram-se os cadarços coloridos nos tênis, tudo que um dia havia sido alegre e vistoso deu lugar ao opaco e sem vida... já não tinha como lidar com a vida como se não estivesse nela. A menina cresceu.

O tempo passou e a cada decepção ela entendia melhor o retrato do tal de Dorian, ela via nela aquela tristeza estampada e pensava que algum dia olharia para o próprio quadro e choraria ajoelhada lembrando dos tempos de ouro da vida, sentia-se trocada pelo o quadro, em vez da beleza e da vivacidade, residiam nela a melancolia e a maldade incondizentes com sua realidade, "onde estaria o quadro para libertar a sua própria beleza e alegria?"

Mas tantos foram os fatos, tantos foram os acasos que a menina desistiu de encontrar-se novamente... não havia mais azul, chegou a época do vermelho vivo, das paixões destrutivas e junto com esta época mais sofrimento acometido pelo amadurecimento inevitável. Surgiram cicatrizes, marcas para toda vida.

Quando um dia esquecida da vida, estragada pelas desilusões ela olhou para cima e viu um céu tão azul, tão bonito que a memória do quadro voltou e junto com ela o desejo incontrolável de encontrá-lo, foi longa a busca e difícil a jornada, mas quando tudo parecia perdido, mais uma vez ela voou, olhou de perto cada nuvem, quase que sentiu os anjos ao seu lado e acabou se encontrando sem querer... ela sorriu olhando pela janela e pensou: É voando que se toca o céu, que se sente os anjos e que se lembra da alegria.

Sea green, See blue.

 
"Wont you miss me?" you said inside grand central station
And your eyes grew red and wild before the chasin'
I felt your body move through my coat
I felt you footstep silent but
Heavy, you followed me in onto the shuttle
Tapped my shoulder one last time, that was all, that was all
hmmmm
 

E como eu marotamente diria... inshalá

O filme é lindo e eu morri de chorar, fato. 

Mas a mensagem aqui é: se você já tem um filho, o faça se sentir bom, faça ele saber que você se importa com ele e que se orgulha dele; O segundo conselho é: se você não é capaz de fazer isso fique na sua e não coloque uma criaturinha tão querida no mundo para fazer dela alguém tão frustrado e incapaz de amar como você, mas se você já botou e é um escroto, mantenha distância, melhor não se meter a fazer algo que você não pode melhorar, ou pior, pode até vir a estragar para sempre.



Pode ser alguém neurótico, com manias estranhas, diferente do que as pessoas acham normal, introspectivo, meio sem jeito, mas se for alguém que te ama, é alguém que merece sua consideração, seu respeito, seu amor. Pode até ser alguém bem difícil de lidar, mas se for aquele alguém, vocês sabem bem do que eu estou falando, se for aquele alguém, você vai saber como agir, por mais difícil que seja, você vai ser feliz amando assim mesmo.

Quando Deus resolver que chegou minha vez, eu vou ter um alguém assim, pedacinho de mim, para eu amar e me orgulhar de ter colocado no mundo.

Ao menos a outra metade, capaz de ser um ótimo pai, eu já encontrei... escolhi alguém com características que admiro e que desejo visualizar na minha criaturinha.

Btw o soundtrack do filme é bom demais!
Vou botar aqui os links p/ download de cada música, só porque sou muito legal (e estou morrendo se cólica o que me impede de dormir ou sequer deitar):

BibioLovers’ Carvings
Eels – All The Beautiful Things
Eels – Numbered Days
Assassinz – Party People
Mick McMains – I Walk Alone
JaymaySea Green, See Blue
Justement – Sick Of Being Love Today
Lavender DiamondOpen Your Heart
Other Viewz – Summer Night
Mojave 3Bluebird Of Happiness
Fat Larry’s BandHere Comes The Sun*
Donna De LoryPapa Don’t Preach*
Fat Larry’s Band – Boogie Town
The Quantic Soul Orchestra – Pushin’ On
Justin Meldal-Johnsen – Prioritize
JamiroquaiLittle L
Sunrider – The Bomb!
N-I-Gel featuring Phat Al & Lou Wop – Lounge With Stress
Nu ShoozI Can’t Wait
The Bar-KaysFreakshow On The Dance Floor
Dan Hartman – Instant Replay
The RiflesFool To Sorrow
Albert King – More Bad Luck
Sonny Rollins – Paul’s Pal

Algumas eu achei a música com outro intérprete, daí coloquei o link assim mesmo, mas tais músicas têm um asterisco ao lado delas (*). 
As que não coloquei ainda, vou procurar melhor e colocar links decentes, pq a minha solução nesses casos é baixar direto do youtube :3 via aTube catcher ;}

Foto do dia (me acalma olhar p/ ela):
My son, my pride...

"Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar."

Ocorreu um erro neste gadget