Páginas

terça-feira, 21 de julho de 2009

Momento desabafo...


Não adianta costurar, fazer origami, papercraft, desenhar, ler, inventar, pintar, bordar, escrever, estudar, ouvir, falar, namorar, jogar wow... esta vida de universitária em fim de curso está me deixando irritada, se tem aula, é chata e dura uns 30 minutos, passo 3 horas com o rabo grudado no assento do buzão ou pendurada em uma barra de aço por um braço e equilibrando livros e bolsa em outra mão para não cair nas brecadas do buzão, são 3 horas sofrendo para assistir meia hora de aula e o pior, as vezes para escutar coisas da vida cotidiana da professora, sabe, na boa, nada contra, mas eu não passo 3 horas no 'jogo duro' para ouvir que a irmã que chegou de não-sei-lá-que-estado está tomando seu tempo, ou que tem casamento de fulano, ou que o mestrado está te enlouquecendo... eu passo 3 horas no buzão para tentar aprender alguma coisa de útil na vida, mas nos momentos de frustração total como agora, o que eu sinto mesmo é saudade de ser chamada de professora.

Sinto saudade da aluninha dizendo que sou linda e cheirosa, sinto falta da indisposição na segunda-feira de manhã subindo as escadas da escolinha, sinto falta dos abraços grupais dos 'gnominhos', sinto falta de estar sempre correndo, sempre atrasada, carregando um milhão de livros e cadernos, sinto falta de chegar com dor de cabeça em casa de tanto ouvir 'menino' gritar, de dormir as 9 horas, de não ter vontade de levantar da cama de tão cansada, de ficar destruída só de imaginar as 30 cardenetas para preencher, dos 30 planejamentos de aula, sinto falta de brigar com eles, sinto falta de não saber os nomes, de fugir das reuniões de pais e mestres, sinto falta da cara de susto dos pais quando seus filhos me chamam de 'tia Ana'/'professora', sinto falta do porteiro dizendo 'bom dia, professora'... ok gente, o salário é uma vergonha, mas os pequenos momentos de reconhecimento são tão marcantes, sinto falta do primeiro dia de aula na 8ª série, dos nomes engraçados que ainda lembro...


Ok... já botei para fora... mas só mais uma vez por favor, eu estou com vontade de gritar, alguém me arrume meu emprego de volta por favor!



E se fosse para dizer o que meus alunos achavam de mim?!
"Tia Ana... ah! ela é meio maluquinha!"
T-T/ E.t., telefone, meu trabalho, saaaaaaudade!!!

*costurando uma almofada de gatinho para desestressar*

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget